10 de março de 2014

Uma carta para meu eu de dez anos atrás

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.  A idéia do tema surgiu de uma tag do blog da Paloma, o Hypeness.
foto: tumblr.

Olá você. Ou olá eu.

Achei que seria mais fácil começar uma carta sendo ela endereçada a mim mesma, mas vejo que não. Afinal, nós mudamos tanto nesses dez anos. Você aí com seus 14 anos, querendo logo ser adulta e eu aqui, nos meus 24 querendo muito voltar à melhor época da minha vida: a sua.
Pra ser sincera, não me lembro muito de você, fora alguns acontecimentos aleatórios. Como sua primeira decepção. A primeira de muitas, viu? Vai ficar se perguntando porque é tão difícil e porque nunca dá certo. Posso te dar uma dica?? Quando é o certo, é fácil, simplesmente acontece. Mas vai se preparando, serão muitos anos conhecendo sapos até achar seu príncipe. Mas ele vem.
Você sempre quis ser adulta, mas nunca abandonou seu lado criança. Sei que você ainda assiste desenhos todos os sábados de manhã enrolada no cobertor. Aproveite isso o máximo, os desenhos do futuro são chatos.
Você é tão contraditória... Pra certas coisas você é tão impulsiva e falando sem pensar, mas quando realmente precisa, você só pensa. Engolir sapos às vezes é necessário, algumas pessoas valem a pena. Mas não faça isso sempre. Guardar tudo dentro de si só faz mal a uma pessoa: você.
Aliás, você precisa confiar mais nas pessoas. Muita gente vai te machucar, mas isso só te fará crescer.
Você vai aprender a ser menos tímida e isso vai melhorar a sua vida. Acredite, falar com um desconhecido ou em voz alta na sala de aula será fácil. É só ter um pouquinho de auto confiança.
Vamos passar por tantas fases... Sei que você tem um poster do Slipknot do lado da sua cama e seu melhor trabalho do ano foi sobre o Nirvana. Seu bom gosto musical continua, embora tenha altos e baixos nesse tempo.
Aproveite o máximo possível o frio na barriga por cada lançamento de livro novo de Harry Potter, que eu sei que é sua saga preferida. Você não sabe o quanto sentirá falta disso.
Sei que você sofre por antecipação, e te aviso: continuamos assim até hoje. Se eu pudesse te dar o maior conselho, seria: relaxa garota. Você vai quebrar muito a cara, vai sofrer muito, mas passa. Por mais clichê que isso seja, sempre passa.
Você vai deixar de ser baixinha e se odiar por isso. E você vai criar curvas!! Poucas, mas vai.
Aproveite tudo que tem direito. Dance. Beba. Grite. Brigue. Ame. Chore. Ria. Essa é a melhor fase da sua vida e passa tão rápido que logo você vai querer ela de volta, assim como eu.

Na verdade, não vim aqui pra te dar conselhos, afinal tudo que você fez me tornou a pessoa que sou hoje. E eu te amo por isso.

Seja forte, garota. Crescer dói.


 Me sigam nas redes sociais: Facebook - Twitter - Instagram 

.

24 comentários

  1. Ma-ra-vi-lho-so! Essas duas últimas frases = amor.

    ResponderExcluir
  2. Os desenhos de hoje são mesmo muito chatos!
    Peguei algumas das suas dicas e guardei para mim.
    Adorei sua cartinha :)

    ResponderExcluir
  3. Menina que texto mais interessante!!! Ameiii pois é a pura realidade! Adorei este projeto vou visitar a página para ficar mais por dentro. Super beijos gatona
    www.garotanotamaxima.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto... Realmente se a gente for parar pra pensar sobre algumas coisas que passou e que talvez você poderia ter feito diferente, talvez poderia ter aproveitado mais, se divertido mais... Mas mesmo assim acho que a gente e todo mundo deveria pensar assim, que não mudaria nada do que aconteceu no passado, porque foi isso que fez com que fossemos o que somos hoje, eu não me arrependo de nada, não sinto falta de nada, acho que tudo aquilo que eu vivi foi bom e serviu para alguma coisa e aqui estou. haha

    Tenha uma ótima semana..
    Beijos
    http://garotaeseuslivros.blogspot.com.br/
    https://www.youtube.com/user/anacrisinah <3

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Nossa, que texto lindo menina, lindo demais. É engraçado isso não é, quando estamos com 14 anos queremos crescer, mas quando crescemos queremos voltar a nossa fase de adolescência. Gostei demais da parte em que você fala que os desenhos do futuro são chatos, isso é uma grande verdade, são chatos demais mesmo. As vezes baixo os desenhos antigos para reviver esses momentos.
    Gostei demais daqui Suuh, quando puder passa lá no meu blog :)
    Grande abraço
    Blog Fernu Fala II

    ResponderExcluir
  6. Incrível, tá de parabéns pelo texto!


    http://www.papodemeninasaer.com/

    ResponderExcluir
  7. Muito legal
    quase tudo que eu queria falar tbm kkkk

    Beijos Jéssica R. Coelho BLOG

    ResponderExcluir
  8. Que lindo *-*
    Eu fiz algo parecido também, mas o meu é estilo tag, hehe

    xoxo"
    http://desventurasinversas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. "Na verdade, não vim aqui pra te dar conselhos, afinal tudo que você fez me tornou a pessoa que sou hoje. E eu te amo por isso."
    Lindo texto,,
    apesar de tudo, ainda amamos como crescemos ne?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, nos torna tudo que somos hoje! :)

      Excluir
  10. Muito lindo o texto! Que saudade de quando eu assistia desenho e não tinha nenhuma preocupação (tudo bem que isso não foi há tanto tempo assim, continuo sendo uma criança hahahahaha)

    Adorei! Beijos

    Meu Conto de Fada

    ResponderExcluir
  11. Seria muito bom se nós pudessemos um dia ter mesmo esta conversa consigo mesma,asssim poderiamos nos avisar dos perigos e tristezas que o destino nos proporcionará,quem sabe assim fugiriamos dos sapos,mas sem este aprendizado não seriamos quem somos hoje e com certeza não teriamos histórias maravilhosas para contarmos.
    beijos
    lindo o seu texto

    http://fashionvinteum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Fofíssimo!!
    Acho muito bom não ficar dando conselhos, sugerindo o que mudar, porque se você está satisfeita com quem é hoje, deve isso a quem foi um dia. Nossa, mto maluco isso de falar com nós mesmos anos atrás. Ao mesmo tempo que a gente sabe que somos nós, dá uma sensação que não somos a mesma pessoa.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto! De fato quando se é nova a gente quer crescer logo, ser adulto pra poder sair, se divertir, mas depois que o tempo passa, e nos vemos em certa idade, tudo o que mais queríamos era poder voltar naquela idade em que a gente não tinha que se preocupar com muita coisa! Nem todos os desenhos são chatos, pelo menos pra mim gosto de olhar alguns do cartoon network como Chowder, FlapJack e o Capitão Falange, Andye e seu Esquilo, A Vaca e o Fenago, Hora de Aventura, apenas um Show, O Laboratótirio de Dexter, Coragem, o cão covarde!

    Bjos, te seguindo!

    Tem post novo no blog, passa lá pra dar uma olhadinha!

    A Mulherada Adora

    ResponderExcluir
  15. AMEI!! Crescer é mesmo assim. Importante é ser feliz
    adorei o blog já estou a seguir

    beijinho enorme

    ResponderExcluir
  16. Simplesmente amei.
    Hj estou com 27 anos, posso dizer que passei tudo e todas as situações... e ainda acho que meus 14/15 anos foi a melhor época que tive.
    Perfeito!
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A fase de transição entre infância/adolescência é a melhor de todas ♥

      Excluir
  17. Olá!
    Adorei a sua carta. Essa volta ao passado foi muito boa neh? E ver que nos tornamos pessoas melhores graças a esse passado.
    Bjus

    ResponderExcluir

respondo os comentários aqui mesmo, no post.
mas sempre passo dar uma visitinha (e comentar).
fique a vontade ♥

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo