7 de novembro de 2015

sobre os últimos dias


Esse mês de outubro foi horroroso.

Cheguei naquela época do ano em que faço meio que uma avaliação de como tá sendo o ano e, galera, tá desesperador. Sabe quando você olha a listinha de metas do começo do ano e viu que não fez absolutamente nada? Parece que passei esse ano todo empurrando todas as coisas com a barriga e no final não fiz nada de útil. E eu me descabelo cada vez que penso que estou mais perto dos trinta do que dos vinte e ainda não conquistei nada do que eu queria.

E a bad veio.
O emprego tava relativamente ruim. Apesar de gostar do que eu faço até, tenho que conviver com certas pessoas que só pensam em ferrar os outros e isso me emputece muito.
Faltam séculos pra me formar em inglês e não consigo começar espanhol por motivos de: não tem tantas pessoas interessadas a ponto de abrir uma turma.
Passei o ano inteiro sedentária e comendo que nem uma porca coisas nada saudáveis. Precisou eu ter meu estomago ferrado pra ver que tava ficando incontrolável. Tôu correndo pelo menos três vezes por semana e me alimentando um pouquinho mais saudavelmente, pelo menos em dias úteis, HA. Antes tarde do que mais tarde, não é mesmo?
Continuei sendo mei que consumista e cheguei num ponto que não tenho mais lugar pra p*** nenhuma. Na verdade, tudo que comprei esse ano tem a ver com meu estilo e tôu usando, mas tenho muita coisa acumulada de anos anteriores e que não consigo me desfazer nem em nome de jesus. Vou me increver nos acumuladores sim ou com certeza? HAHAHA Ayway, quero muito começar o armário capsula mas aqui a preguiça domina e não sei quando isso vai acontecer.
O blog andou bem abandonadinho esse ano e eu tenho uma relação de amor e ódio com ele. Tenho meses em que venho e tenho mil inspirações e vontade de fazer esse lugarzinho crescer e ficar mais legal e tem vezes em que simplesmente não tenho saco. Como vocês podem ver, a procrastinação ainda não deixou esse corpo e god helps me como eu queria que isso acontecesse.

Assim como a bad veio, ela se foi. Claro que ainda tenho dias que quero deitar em posição fetal e chorar até ficar desidratada, porém tenho dias bons em que toco o foda-se e fico vendo seriado até ficar cega e deixando tudo pra lá. Até porque ficar e cobrando e me achando um tremendo fracasso não vai me ajudar, embora eu me sinta assim muitas vezes.

Não sei se quero que o fim de ano chegue tão rápido, mas quero sim fazer de tudo pra terminar ele melhor do que foi até agora. :)



.

12 comentários

  1. Posso te abraçar?
    Nossa, tá quase igual meu ano, menos a parte do emprego porquê o contrato acabou e a crise veio, estou quase enlouquecendo desempregada.
    em relação ao blog a mesma coisa, tem hora que dá vontade de jogar no lixo pois parece que nada dá certo.
    Força pra gente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, pode me abraçar simmm!
      Tô só na contagem regressiva pra acabar esse ano horrível!

      Excluir
  2. Suh, me abraça miga. Esse ano não tá mesmo fácil - dois mil e crise, como li um dia desses por aí. E não é que é isso mesmo? Então acho que é absolutamente normal (e até saudável, sei lá) que a gente deite em posição fetal de vez em quando, dê uma choradinha e tudo. Ninguém é obrigado a ficar aguentando tudo o tempo inteiro. Mas depois sacode a poeira, limpa as lágrimas e vai - com medo, sem medo, com vontade, sem vontade, do jeito que der. Força na peruca.

    beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz tempo mesmo que não via um ano ser tão ruim pra todo mundo, dois mil e crise resume e muito!

      Excluir
  3. Vem cá me dá um abraço..
    Eu estou passando pelo mesmo, não fiz muita coisa durante o ano e estou com a sensação que não conseguiria fazer nada até o fim do ano =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Só esperando o ano acabar pra recomeçar tudo!

      Excluir
  4. Ai Suh... fica assim não... Eu sei que a gente passa por essas fases MUITO bad, mas ainda dá tempo de terminar o ano de maneira mais positiva! Isso de acumular muita coisa pode estar contribuindo, você não acha? Às vezes jogar um monte de coisas fora, doar, deixar só o que a gente REALMENTE gosta por perto... isso tudo faz muita diferença. Abre caminhos para coisas melhores, de repente... Força, viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Cami, verdade! Preciso desacumular e abrir espaço pra coisas melhores, pra ontem!

      Excluir
  5. Começar o armario capsula para alguem com tendencias acumuladoras parece impossível, eu to tentando melhorar no aspecto consumista também mas pelo menos eu me desfaço com frequência das coisas que não convêm mais. Agora o emprego é foda mesmo, se você não gosta de lá pelo menos vê potencial de crescimento? Se não parte pra outra! Eu sei que é foda mas vai ver esse é o passo pra mudar sua vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não miga, nem vejo potencial! Ele é mesmo um ~tapa buraco~até eu conseguir algo na área que realmente quero! :)

      Excluir
  6. acho que outubro foi péssimo pra todo mundo.
    entrei numa bad vibe INTENSA e foi foda ):
    mas novembro chegou sambando e eu já tô completamente o oposto!
    acho que é o sol que apareceu, ou pq tá perto das férias, enfim ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, essa época perto das férias, perto do Natal é só amor né? <33 Melhora com o humor de todo mundo!

      Excluir

respondo os comentários aqui mesmo, no post.
mas sempre passo dar uma visitinha (e comentar).
fique a vontade ♥

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo